segunda-feira, 12 de novembro de 2007

Constituição dos Escalões de Competição e Pré Competição da Escola de Ténis do Sport Club do Porto.

Como podem ver na imagem no comentário "Pirâmide - Um sistema que privilegia a detecção de talentos", mostramos os atletas que constituem os diferentes grupos de pré competição (Leõezinhos B e A, Leões B e A) e competição (Grupos Esperanças, FPT e ETA/ITF).
ETA/ITF (Treinador Responsável - Ricardo Cortes):
Inês Xavier;
João Monteiro;
José António Tinoco;
Rui Lima.
FPT (Treinador Responsável - Pedro Canedo):
Álvaro Teixeira;
André Hüsgen;
Diogo Menezes;
Filipe Bela;
Filipe Mendes;
Gerardo Castro;
Gonçalo Oliveira;
Henrique Teixeira;
Joaquim Ferreira;
Mário Pinto;
Tiago Costa;
Tiago Vieira.
ESPERANÇAS (Treinador Responsável - Marco Ribeiro):
Arthur Garat;
Bernardo Manahu;
Francisco Cabral;
Joana Neves;
João Almeida;
Tobias Lindner;
Nuno Pinto da Costa;
Pedro Moreira.
LEÕES A (Treinador Responsável - Luís Machado):
Francisco Guerra;
Gonçalo Moutinho;
Luís Nogueira;
Tiago Nina;
Tomás Fonseca;
Tomás Ribau.
LEÕES B (Treinador Responsável - Luís Machado):
Afonso Viana;
Duarte Moutinho;
Fernando Menezes;
Eduardo Cabral;
Henrique Dias;
Sebastião Eça.
LEÕEZINHOS A (Treinador Responsável - Luís Machado):
João Gomes;
José Francisco Samagaio;
Manuel Gonçalves;
Manuel Monteiro;
Maria Inês Costa.
LEÕEZINHOS B (Treinador Responsável - Luís Machado):
Anaïs Grah;
Carlota Arce;
Francisco Santos;
Isabel Queiroz;
Vasco Lobão.

16 comentários:

morales disse...

falta joao corte real no grupo eta/itf,sem ele isto nao e nada..

cuidem se cavalos,sem corte real,sport nao e nada...

Pedro Canedo disse...

O João Corte Real, quando saiu do Sport estava em crescendo, e estaria, naturalmente, no escalão ETA/ITF. Acredito que o Luís Cabral e o Miguel Pais também estariam a fazer-lhe companhia!
Já o Hugo Morales, concerteza teria descido aos Leõezinhos!?!?!?!
Abraços

royal-court, a lenda viva disse...

cansado de ofuscar outros talentos mais jovens, de deixar adversários um tanto ou quanto atarantados, e também tendo em conta a minha vida profissional/pessoal/amorosa bastante agitada, tive de abandonar por brevíssimos momentos a modalidade a que emprestei tanta qualidade como nenhum atleta neste continente(só mesmo na Argentina a pessoa de A. Calieri). Como é obvio deixei saudades dentro e fora das quadras, pois já há muito que não é visualizado no ténis português o famoso volley de esqerda "royal 360º court", bem como alguns resultados pendentes na altura. Para grande infelicidade dos meus adversários, conto vingar-me em alguns futures em tempos futuros não muito longínquos. Um grande abraço e fica como conselho de um verdadeiro guru da modalidade: batam essa esquerda à frente

ainda o mesmo côrte-real disse...

olvidei-me de uma pequena correcção a pedro canedo: com a minha continuidade no Sport, seria naturalmente necessária a criação do escalão "Atp/Masters Series", Gerardo Castro que o diga(veio-me agora à cabeça uma célebre partida no clube, com um dos melhores bares do ténis luso, ET Espinho, em que JCR esteve a vencer por 60 50 ponto de ouro, mas Gerardo Castro não suportando a tareia a que estava a ser genialmente submetido, usou um dos métodos mais praticados por dirigentes encarnados no mundo do futebol português, e com um pequeno golpe de vista conseguiu chegar ao 63, estabelecendo em 60 63 os parciais finais.)

Pedro Canedo disse...

Caro John Royal Court, desde já me penitencio e assumo aqui o meu erro, corroborando duas das tuas ideias: a) definitivamente, em Portugal tu, o Frederico Gil, o Gastão Elias são duma casta excepcional, e por isso, temos então que esperar que tu regresses ou que surjam no clube atletas do teu calibre para criar o Grupo ATP/MASTERS SERIES/GRAND SLAM; b) o Gerardo foi, é e será um grande ladrão, como toda essa corja vermelha. Se repararmos o Gerárd e o Marco tem os cabelos loiros e o Marco é do Benfica! Tenho dito!

António Variaçoes disse...

foi uma boa fase por parte de corte real,recorde se que num torneio disputado alguns meses depois no complexo municipal da maia,andre grhusgran foi forcado a um 7-5-7-5 frente a esta promessa do tenis,nao so portuguesa,como mundial.JOAO CORTE-REAL.

(para nao referir os 10 smash's efectuados num so ponto por parte de corte real,que deixou espantados nao so o famoso Paulo Cardoso,como Paula Quental que estava de passagem para o intermarché)

Anónimo disse...

Ladrao ladrao, só o pedro canedo e o henrique assis pode provar.

Marco Ribeiro disse...

Deste grande atleta que eu treinei com muito prazer desde os seus 8/9 anos de idade e que eu recordo com saudade, existe um shot do qual jamais me esquecerei :
Davis Cup em Troia, par decisivo, e João voa e faz um smash em suspensão (qual Pete Sampras) e PUUUUUUUMMMMMMMMM em cheio naquela grande atleta que era a Inês Moreira ( foi aqui que acabou a carreira dela, embora o pai não saiba) e .......Vitória por desistência.
Estes e outros momentos fazem-me lembrar com saudosismo esse grande atleta e amigo Corte-Real
Um abraço Míudo

Blogger disse...

POR FAVOR NÃO SE ESCONDAM ATRÁS DO ANONIMATO POIS CORREM O RISCO DE TER OS COMENTÁRIOS NO CAIXOTE DO LIXO, EM VEZ DE OS VER PUBLICADOS!
PODEM USAR PSEUDÓNIMOS (SIM BURROIDES, VÃO AO DICCIONÁRIO VER O SIGNIFICADO!).

cortes responsável pelo fisico?!? disse...

Mister Ribeiro, atrevo-me a dizer que foi aí que se iniciou a carreira de inês moreira(candidata a nº1 wta pela óptica de seu pai) pois só a partir desse bizarro jogo que se começou a falar da dita vedeta do ténis feminino, ainda que apenas por escassas horas...um grande abraço côrte-reidovoleideesqerdadecostasparaoadversário

A. Hüsgen disse...

Querido John, percebo que a tua emotividade acrescida face a uma imortalização da tua carreira neste blog te vincule a manipular a espectacularidade de algumas histórias. Relembro por isso que o famoso encontro no complexo de ténis da maia originou uma vitória de 62 60 e não os referidos 7575(compreendo no entanto o teu entusiasmo)grande abraço- vemo nos na final do torneio de ping pong no qual te intitulaste como cabeça de serie nº 2 e a mim a 3º

John Courts King disse...

Queridissimo A. Husgen,

o autor da falácia a que te referes escreve sob o pseudónimo de António Variações (portanto, nunca poderia ser eu visto que utilizo sempre o meu artístico) e, pelo estilo utilizado, atrever-me-ia a dizer que responde pelo nome de blogger ou simplesmente ricardo cortes, treinador apologista dos clássicos futures. Como adepto da verdade desportiva venho por este meio confirmar o resultado que apresentas neste cada vez mais badalado blog, porque assim como nenhum adepto futebolístico gosta que se confunda o resultado do 7 d vigo-slb com uns não tão escandalosos 7-1, nenhum adepto do ténis bonito e apaixonante de JCR gosta que o nome deste esteja envolvido em calúnias desportivas. Um forte abraço e desde já o meu pedido de desculpas
(P.S.-Nem Fernando Paquete organizava torneios de ping-pong tão bem como eu)

Ricardo disse...

Caro João,
não posso deixar de (finalmente) intervir nesta disputa de comadres, não só para me mostrar indignado por ter sido confundido com autor tão vulgar como António Variações, cujo talento em vida para a música posteriormente conhecida como nu-bailarico (na linha do nu-metal) decididamente não foi transferido em morte para a escrita!!!
Gostaria de confirmar, no entanto, a minha presença na bancada do pavilhão da Maia no célebre episódio dos smashes consecutivos e divulgar o número Real, que nunca foi de 10, mas sim de 382!
Confirmo também a saudade (e necessidade) que se sente no Sport da presença de João Royal Court, um verdadeiro sucessor na grande tradição da Lei da Selva e já um verdadeiro Rei da Selva de pleno direito! Um abraço e um grande beijo para as minhas fãssssssss pelo mundo fora

Hugo Moraes disse...

Eu descia ao Leõezinhos :P mas desde já aviso que nao sou eu que ando a enviar esses comentários...

Pedro Canedo disse...

Descobri na terça feira que o Gerardo anda a escrever com a identidade dos outros, nomeadamente do Diogo Menezes. Isto é duma gravidade enooooooooooooooooooooooorme!
O Gerardo é um imbecil e deve ser proibido de escrever enquanto não tiver coragem de mandar posts com o seu nome! Falei com o Blogger que me disse que vai ver os IP's das pessoas que escrevem!
Por isso pessoal, vamos comentar como homens, e não como ratos homessexuais como o Gérárd se está a revelar!

homónimo de ricardo cortes (rc, seus burróides) disse...

valderrama- um rato metrosexual(o tempo que "el gordo" passa em frente dum eseplho não pode ser normal)que tem um ninho de ratos em cima da cabeça propriamene dita devia ser submetido aos antigos castigos usados nessa grande instituição que era o Real Clube Fluvial Portuense- SERVIÇO DIRECTO AO TRASEIRO! Pede-se ainda que António Variações se identifique e ainda que hugo moraes seja alvo de um warning digno de fernando paquete por utilizar um smiley num blog desta seriedade e calibre- gravííííííííííííííííííssimo. tenho dito